O que é o Dadaísmo? Características e Origem do movimento artístico

O Dadaísmo surge com a intenção de destruir todos os códigos e sistemas previstos no mundo da arte. É um movimento antiartístico, antiliterario e antipoético, já que questiona a existência da arte, da literatura e da poesia. Apresenta-Se como uma ideologia total, como uma forma de viver e como um rechaço absoluto de toda a tradição ou o esquema anterior.

Ideias que propaga


É contra a eterna beleza, a eternidade dos princípios, contra as leis da lógica, contra a imobilidade do pensamento e contra o universal. Os dadaístas promovem uma mudança, a liberdade do indivíduo, a espontaneidade, o imediato, o aleatório, a contradição, defendem o caos contra a ordem e a imperfeição em frente à perfeição.

Proclamam o anti-arte de protesto, do choque, do escândalo, da provocação, com a ajuda de meios de expressão irônica-satíricos. Baseiam-Se em absurdo e desprovido de valor e introduzem o caos em suas cenas, quebrando as formas artísticas tradicionais. Serviram-Se também da montagem de fragmentos e de objetos de sucata cotidiano. 



Características do Dadaísmo

  • · É considerado um movimento antiartístico e antipoético.
  • · Rompe com os parâmetros tradicionais das artes e da literatura.
  • · Aplica-Se pela primeira vez técnicas não convencionais na arte como a colagem e a colagem.
  • · Foi considerado um estilo de vida.
  • · Mostrou uma atitude desrespeitosa que apoiava o anarquismo e o pensamento ilógico e irracional.
  • · Os dadaístas tinham gosto pelo caos, o acaso, o escândalo e a desordem.
  • · Suas expressões artísticas baseavam-se na espontaneidade e irreverência.
  • · O conteúdo das obras é irônico e agressivo.
  • · Odiou os valores da burguesia, por isso procurava escandalizarla.
  • · Mostrou oposição ao ambiente e à estrutura social.
  • · Movimento artístico que partia do absurdo.
  • · Expunha o repúdio às manifestações políticas e nacionalistas.
  • · Deu origem, posteriormente, ao movimento artístico do Surrealismo.

Origem do Dadaísmo


A origem do termo Dadaísmo é confuso. A versão mais aceita diz que ao abrir um dicionário ao acaso, apareceu a palavra dada, que significa cavalinho de brinquedo, e foi adotada pelo grupo.

O movimento dada nasceu em um café cantora de Zurique, em 1916, onde se recitaram poemas. Nesta cidade, havia se tornado, a partir do início da Primeira Guerra Mundial em um centro de refúgio para os migrantes, provenientes de toda a Europa que queriam escapar da guerra. Ali reuniram-se representantes de várias escolas, como o expressionismo alemão, o futurismo italiano e do cubismo francês. Isto dá ao dadaísmo a particularidade de não ser um movimento de rebeldia contra uma escola anterior, mas que questiona o conceito da arte antes da Primeira Guerra Mundial.

Hugo Ball, diretor de teatro e sua mulher, conceberam o projeto de criar um café literário que acogiera a todos estes artistas exilados, o Cabaret Voltaire, que abriu suas portas no dia 1 de Fevereiro de 1916. Ali se reuniram Tristan Tzara (poeta, líder e fundador do movimento), Jean Arp, Marcel Janko, Hans Richter e Richard Huelsenbeck, entre outros.

A difusão do dadaísmo deveu-se à publicação da revista Dada, graças a ela, suas idéias se espalharam por Berlim, Colônia, Paris e Nova York.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lei de Hess - Como funciona?

Denotação e conotação