Imigração japonesa no Brasil - História Resumida



A vinda dos imigrantes japoneses no Brasil, se iniciou com um acordo entre os dois países: o Brasil precisava de trabalhadores para as fazendas de café e o Japão, de regular o alto índice demográfico.
A imigração teve início com a chegada do navio Kasato Maru no porto de Santos, no dia 18 de junho de 1908. Saindo do porto de Kobe.

O navio trouxe os primeiros 781 imigrantes vinculados com o tratado estabelecido entre os dois países, e mais 12 passageiros independentes.
No ano de 1910, o navio Ryojun Maru aporta em Santos com mais 906 japoneses a bordo que passariam pelos mesmos problemas que seus compatriotas.

Era dito nos contratos que os imigrantes teriam moradia: mas não se especificavam as condições dessa tal moradia.
A alimentação seria por conta da família: mas não explicava o sistema do “armazém”, onde os trabalhadores eram obrigados a comprar os produtos por preços exorbitantes.

Aos poucos, os conflitos diminuíram e os japoneses começaram a conquistar seu espaço nesse país tão distante e tão diferente na linguagem, nos costumes e nas tradições.

Em 1911, cinco famílias de imigrantes adquiriram terras dentro do projeto de colonização Monções, sendo os primeiros a se tornarem proprietários de terra e também os primeiros a cultivar algodão.
Em março de 1912, cerca de 30 famílias são assentadas na região de Iguape, e nesse mesmo ano, os imigrantes começam a desbravar o Brasil, indo para o Paraná, em Ribeirão Claro.

Já em 1913, um grupo de 107 japoneses chega ao Brasil para trabalhar em minas de ouro no estado de Minas Gerais, se tornando os únicos mineiros da história da imigração.
Segundo informações do Consulado Geral do Japão em São Paulo, em meados de 1930 o número de imigrantes era de 132.689 pessoas e desse total 90% se dedicava à agricultura.

Hoje comemorasse a imigração japonesa em diferentes cidades, além de algumas festividades típicas do Japão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lei de Hess - Como funciona?

Denotação e conotação

Ideologia - Definição e Exemplos do que é